RECONSTRUÇÃO ÓSSEA DE MAXILA ATRÓFICA UTILIZANDO A TÉCNICA DE ENXERTO ÓSSEO HOMÓLOGO: RELATO DE CASO
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Enxerto ósseo
reabsorção óssea
implantes dentários
reabilitação bucal

How to Cite

Vieira, L. N., & Pavane, R. M. (2024). RECONSTRUÇÃO ÓSSEA DE MAXILA ATRÓFICA UTILIZANDO A TÉCNICA DE ENXERTO ÓSSEO HOMÓLOGO: RELATO DE CASO. REVISTA FOCO, 17(6), e5124 . https://doi.org/10.54751/revistafoco.v17n6-003

Abstract

As perdas ósseas, podem ocorrer devido a perda precoces dentárias, infecções, tumores ósseos, atrofias pela idade do indivíduo, causando uma perda significantes de osso alveolar na região. Contudo, graças à enxertia óssea tem-se ampliado o estudo sobre o uso de implantes osseointegrados na substituição de dentes perdidos, gerando a necessidade de novas técnicas de reconstrução óssea, já que a reabilitação com implantes só é possível na presença de bases ósseas adequadas para suportar as cargas mastigatórias. Com avanço da odontologia, existem vários tipos enxertos ósseos, como homólogos e autógenos, usados para cirurgias de reconstruções ósseas de maxilas e mandíbulas. Para que haja sucesso, o enxerto precisa de três pré-requisitos: biocompatibilidade, técnica cirúrgica e escolha do biomaterial. Paciente, 58 anos, gênero feminino, compareceu na especialização em implantodontia, para colocação de implantes osseointegrados na região anterior e posterior de maxila e posterior em mandíbula, solicitando avaliação clínica para reabilitação com prótese sobre implantes. Na anamnese não foram identificadas alterações locais ou sistêmicas, que contraindicasse o tratamento de reabilitação dos dentes ausentes, sendo solicitados exames radiográficos complementares. Ao exame clínico, a maxila apresentava gengiva queratinizada espessa. Ao exame radiográfico, verificou-se remanescente ósseo com altura de 13 mm, feito assim a colocação de enxerto ósseo seguido de implantes.  Conclui-se que os enxertos são uma alternativa viável, segura e pouco traumática para o aumento ósseo com finalidade de reabilitação

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v17n6-003
PDF (Português (Brasil))

References

BARROS FILHO, Tarcísio Eloy Pessoa de et al. Poder osteogênico dos enxertos ósseos: estudo experimental comparativo entre enxertos autólogo, homologo irradiado e homologo. Revista Brasileira de Ortopedia, v. jan./fe 1989, n. 1-2, p. 36-40, 1989. Disponível em: https://repositorio.usp.br/item/000797298. Acesso em: 03 abr. 2024.

CASTRO, Wemerson Brito de; CORDEIRO, Hércules de Jesus; CORREIA, João Victor de Moura; SOUSA, Dennis Fernando Rodrigues de; SANTOS, Geilson Miranda Silva dos; COSTA, Juliana Nolêto. Enxerto ósseo na reabilitação dos maxilares. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, [S. l.], v. 8, n. 11, p. 2488–2498, 2022. DOI: 10.51891/rease. v8i11.7841. Disponível em: https://periodicorease.pro.br/rease/article/view/7841. Acesso em: 23 maio. 2024.

CHAUSHU, Gavriel et al. Anterior atrophic mandible restoration using cancellous bone block allograft. Bone Augmentation by Anatomical Region: Techniques and Decision‐Making, p. 379-398, 2020.Disponível em: ttps://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/9781119427926.ch18. Acesso em: 23 maio. 2024.

FILHO, J. B. M. de S.; DE SOUZA NETO, J. P.; MARTINS, A. G. S.; DA SILVA, J. L. M.; PEREIRA, H. B. M.; LOPES, E. V.; SAMPAIO, R. de S.; DE SÁ, J. L. Implante imediato com enxerto ósseo: Revisão de literatura / Immediate implantation with bone graft: Literature review. Brazilian Journal of Development, [S. l.], v. 7, n. 12, p. 118293–118306, 2021. DOI: 10.34117/bjdv7n12-542. Disponível em: https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BRJD/article/view/41513. Acesso em: 23 mai. 2024.

HAUGEN, Håvard Jostein et al. Bone grafts: which is the ideal biomaterial? Journal of clinical periodontology, v. 46, p. 92-102, 2019. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/jcpe.13058. Acesso em: 5 mai. 2024.

OGATA, Daniele Vaccari Gonçalves et al. Biossegurança em bancos de ossos no Brasil. ImplantNews, p. 363-367, 2006. https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-457404. Acesso em: 5 mai. 2024.

PATEL, Ketan; SALMAN, Salam; SHANTI, Rabie M. Bone Allografts: Their role in mandibular reconstruction. Atlas of the oral and maxillofacial surgery clinics of North America, v. 31, n. 2, p. 85-90, 2023. doi: 10.1016/j.cxom.2023.03.001. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/37500203/. Acesso em: 22 mai. 2024.

PROCOPIO, O., TROJAN, D., FRIGO, A.C. et al. Use of homologous bone for alveolar crest reconstruction in: 483 Patients with 5 years’ outcomes post implantation. Oral Maxillofac Surg 23, 353–363 (2019). https://doi.org/10.1007/s10006-019-00781-2. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10006-019-00781-2. Acesso em: 22 mai. 2024.

STOPA, Z. et al. Evaluation of the safety and clinical efficacy of allogeneic bone grafts in the reconstruction of the maxilla and mandible. In: Transplantation Proceedings. Elsevier, 2018. p. 2199-2201. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0041134518303099. Acesso em: 22 mai. 2024.

TANAKA, R., YAMAZAKI JS., SENDYK WR., TEIXEIRA VP., & FRANÇA CM. Incorporação dos enxertos ósseos em bloco: processo biológico e considerações relevantes. CONSCIENTIAE SAÚDE, V. 7, N. 3, P. 323-327, 2008. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/saude/article/download/1301/1092/5398. Acesso em: 22 mai. 2024.

TOAZZA, L. A. Biomateriais para enxertos ósseos na odontologia: uma revisão de literatura. Journal of Multidisciplinary Dentistry, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 146–50, 2023. DOI: 10.46875/jmd.v11i1.645. Disponível em: https://jmdentistry.com/jmd/article/view/645. Acesso em: 23 maio. 2024.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2024 Laura Nascimento Vieira, Rodrigo Marocchio Pavane