COMPREENDENDO A DISLEXIA E O TDAH: IMPACTOS NO DESENVOLVIMENTO DO ALUNO E ESTRATÉGIAS DE SUPORTE
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Educação inclusiva
TDAH (transtorno do déficit de atenção e hiperatividade)
dislexia

How to Cite

Santos, S. M. A. V., Palma , A. L. G. L., Carvalho, F. M. da S., Carretero , J. dos S., Fernandes , L. M., Meroto, M. B. das N., Narciso, R., & Moniz , S. S. de O. R. (2023). COMPREENDENDO A DISLEXIA E O TDAH: IMPACTOS NO DESENVOLVIMENTO DO ALUNO E ESTRATÉGIAS DE SUPORTE. REVISTA FOCO, 16(11), e3776. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-230

Abstract

Os distúrbios de aprendizagem têm vindo a ser notados no contexto escolar, e um número significativo de estudantes recebe diagnósticos de desafios na aprendizagem, o que impacta diretamente o seu desempenho acadêmico. A dislexia é um transtorno de aprendizagem que afeta a leitura, escrita e soletração, enquanto o TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade) está relacionado à dificuldade de concentração e hiperatividade. Formas de ensino adaptadas, junto com o diagnóstico e tratamento adequados são essenciais para ajudar aqueles que enfrentam esses desafios. Perfazendo por tal problemática, através de pesquisa qualitativa de natureza bibliográfica com citações de terceiros, o objetivo principal deste artigo é investigar os impactos da dislexia e do TDAH no desenvolvimento educacional de crianças e adolescentes, buscando identificar estratégias eficazes de apoio. Já os objetivos específicos, perfazem sobre analisar as características da dislexia e do TDAH e como elas afetam o desempenho acadêmico; avaliar as necessidades específicas de alunos com dislexia e TDAH no ambiente escolar; investigar as práticas pedagógicas e estratégias de ensino que podem ser implementadas para atender às demandas desses alunos; identificar a importância da parceria entre professores, pais e profissionais de saúde para o sucesso educacional de alunos com dislexia e TDAH além de propor recomendações e diretrizes para escolas e educadores no apoio eficaz aos alunos. Em última análise, esta pesquisa busca lançar luz sobre tais complexidades, apresentando proposições destinadas a promover a inclusão no ensino.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-230
PDF (Português (Brasil))

References

ARGOLLO, N. Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade: aspectos neuropsicológicos. Psicologia Escolar e Educacional, v. 7, n. 2, p. 197-201, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pee/ v7n2/n2a10.pdf. Acesso em: 30 de setembro de 2023.

CALIMAN, L. V. O TDAH: entre as funções, disfunções e otimização da atenção. Psicologia em estudo, Maringá, PR, v. 13, n. 3, p. 559-566, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pe/v13n3/ v13n3a17.pdf. Acesso em: 30 de setembro de 2023.

COSTA, N. F. Dificuldades de aprendizagem: um estudo documental. Maringá Editora, 2012.

COUTO, T. S.; MELO-JUNIOR, M. R.; GOMES, C. R. A. Aspectos neurobiológicos do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH): uma revisão. Ciência & Cognição, 2010. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/cc/v15n1/v15n1a19. pdf. Acesso em: 30 de setembro de 2023.

DSM – IV. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. 4 ed. Porto Alegre. Artes Médicas, 2009.

FLICK, U. Uma Introdução à Pesquisa Qualitativa. Porto Alegre, RS: Bookman, 2004.

FONTANA, F. Técnicas de pesquisa. In: MAZUCATO, T. (org.). Metodologia da pesquisa e do trabalho científico. Penápolis, SP: FUNEPE, 2018.

FRANK, R. A vida secreta da criança com dislexia. São Paulo: M. Books, 2003.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LEITE, S. A. S. Afetividade nas praticas pedagógicas. Dossiê “afetividade e cultura”. Temas. Psicol. Vol. 20 n. 2. Ribeirão Preto, Dez, 2012.

MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Rio de Janeiro, RJ: Vozes, 2009.

MOUSINHO, R.; ALVES, L. M.; CAPELLINI, S. A. Dislexia: novos temas, novas perspectivas. Volume III. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2015.

MORAIS, A. M. P. Distúrbios da aprendizagem: uma abordagem psicopedagógica. São Paulo: Edicon, 12ᵃ edição, 2006.

TAVARES, H. V. Apoio pedagógico às crianças com necessidades educacionais especiais: dislexia e TDAH. Trabalho de Conclusão de Curso de Pós Graduação em Distúrbios da Aprendizagem pela Faculdade de Medicina do ABC. São Paulo, 2008.

TREVISOL, M. T. C.; SOUZA, D. V.. A relação entre professor e aluno e a importância do afeto no processo de ensino aprendizagem. Unoesc & Ciência.ACHS, Joaçaba, v.6, n.1, 2015.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.