A TECNOLOGIA E OS JOGOS COMO ALIADOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL II
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Operações matemáticas
tecnologia da educação
jogos matemáticos

How to Cite

Santos, S. M. A. V., Marques, C. D., Salatiel , E. M., Lameira, F. da C., Cella, H. C. C., Cunha, L. C. da S., Meroto, M. B. das N., & Narciso, R. (2023). A TECNOLOGIA E OS JOGOS COMO ALIADOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL II. REVISTA FOCO, 16(11), e3775. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-229

Abstract

Este artigo tem como objetivo mostrar o uso dos jogos aliado a tecnologia como ferramenta lúdica para a aprendizagem da matemática no Ensino Fundamental II. Com a chegada da tecnologia em nosso meio, cria-se a Era da Informática, com isso é preciso que a escola se adapte e busque interagir com essa tecnologia, abordado ela ao seu favor dentro da sala de aula. Buscando ilustrar essa interatividade, o trabalho propõe o uso da plataforma digital “Khan Academy” por alunos do 6º ano do Ensino Fundamental II, para a resolução de problemas que envolvam as operações matemática de adição, subtração, divisão, multiplicação, potenciação e radiciação para fixação de conteúdo de forma lúdica, aliado ao jogo “Bingo Matemático” em sala de aula, com a mesma finalidade. O trabalho tem como finalidade proporcionar o uso da metodologia por outros professores de outras áreas/modalidades/níveis de ensino. Com o objetivo de desenvolver o raciocínio lógico matemático, reforçando o sentido da utilização das operações matemáticas na resolução de situações-problemas. Podemos concluir que a tecnologia pode tornar-se uma aliada ao professor para trabalhar assuntos na sala de aula, entretanto só o jogo avulso em sala de aula não faz com que o aluno aprenda e acha a aula interessante. Assim como, os jogos e as tecnologias não podem carregar a responsabilidade de melhorar o processo educativo. Logo, podemos entender que as tecnologias podem admitir o papel de potencializar positivamente o processo de ensino, desde que ela seja utilizada corretamente como uma ferramenta de auxílio.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-229
PDF (Português (Brasil))

References

ALBUQUERQUE, Irene de. Metodologia da Matemática. Rio de Janeiro: Ed. Conquista, 1953. apud FIORENTINI, D; MIORIM M. A; uma reflexão sobre o uso de matérias concretos e jogos. Boletim SBEM-SP Ano 4 n° 7, 2012.

ALMEIDA, D. M. de; CASARIN, M. de M. A importância do brincar para a construção do Conhecimento na educação infantil. Revista do Centro de Educação. n.19. Santa Maria, 2002. p.1-6.

ALMEIDA, Maria Elizabeth de; Proinfo: Informática e Formação de Professores. v. 1. Brasília: MEC/ Secretaria de Educação à Distância, 2000.

BUCKINHGHAM, David. Crescer na era das mídias eletrônicas: após a morte da infância. Tradução de Gika Girardello e Isabel Orofino, Loyola: Florianópolis, 2007.

COSCARELLI, Carla Viana. Novas tecnologias, novos textos, novas formas de pensar. Belo Horizonte: Autentica, 2002.

DAMBRÓSIO, U. Desafio da Educação Matemática no novo milênio. Revista da Sociedade Brasileira de Matemática, São Paulo, v. 8, n. 11, p. 14-17, dez. 2001.

FARIA, Anália Rodrigues de. O desenvolvimento da criança e do adolescente segundo Piaget. Ed. Ática, 3º edição, 1995.

FIORENTINI, D; MIORIM M. A. Uma reflexão sobre o uso de matérias concretos e jogos. Boletim SBEM-SP Ano 4 n° 7

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6ª ed., São Paulo: Atlas, 2018.

INEP Governo Federal. Censo escolar da educação básica 2016. Notas estatísticas. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/censo_escolar/notas_estatisticas/2017/notas_estatisticas_censo_escolar_da_educacao_basica_2016.pdf. Acesso em 02 jul. 2023.

KESNSKI, Vani Moreira. Educação e tecnologia: O novo ritmo da informação, Campinas: Papirus. 2012.

KHAN ACADEMY: um recurso tecnológico digital para o ensino da Matemática. 2019. Disponível em: https://pt.khanacademy.org/. Acesso em 02 jul. 2023.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Brinquedos e brincadeiras na Educação Infantil. Belo horizonte, 2010.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência. 34º ed. Rio de Janeiro: Coleção TRANS, 1993.

MIRSHAWKA, Victor. O Boom na educação: o aprendizado online. São Paulo: DVS Editora, 2002.

MOURA, P. C.; VIAMONTE, A.J. Jogos matemáticos como recurso didático. Revista da Associação de Professores de Matemática, Lisboa, 2006.

PAPERT, Seymour. A máquina das crianças: repensando a escola na era da informática. Porto Alegre: Artes Médicas,1994.

PORTELLA, Valéria. Pais e filhos conectados: Dicas para aproveitar a internet com as crianças, Porto Alegre: Artes e Ofícios. 2007.

VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Construção do conhecimento em sala de aula. 11ed. São Paulo: Libertad, 2000.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed Editora, 1998. 224 p. apud PAULA, M. A. S;

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.