A AÇÃO DO BARBATIMÃO, GRAVIOLA E TUIA NO TRATAMENTO DO HPV
PDF (Português (Brasil))

Keywords

HPV
barbatimão
graviola
tuia
plantas medicinais

How to Cite

da Silva, D. G., Pereira, D. M. S., de Oliveira, V. C. de S. S., Oliveira, K. S., Casarin, J. N., Santana, H. de S., Silva, A. N. C., & Corrêa, D. S. (2023). A AÇÃO DO BARBATIMÃO, GRAVIOLA E TUIA NO TRATAMENTO DO HPV. REVISTA FOCO, 16(11), e3768. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-223

Abstract

Introdução: Plantas e ervas medicinais geralmente exibem propriedades farmacológicas e podem ser utilizadas para o tratamento de diferentes tipos de doenças. Dentre essas, algumas acabam se destacando, como a barbatimão, tuia e graviola que podem ser um meio alternativo no tratamento do Papilomavírus Humano (HPV), um vírus de DNA que pertencente à família Papillomaviridae, e das 200 espécies conhecidas, 40 subtipos destes estão associados a infecções do trato anogenital e 15 possuem potencial carcinogênico. Objetivo: Descrever sobre essas espécies de plantas que possuem atividade contra o HPV com comprovação cientifica em artigos e periódicos já publicados. Metodologia: As buscas foram efetuadas na National Library of Medicine (PubMed/Medline), Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Google acadêmico, utilizando os seguintes descritores: Papiloma vírus humanos, HPV, atividade farmacológica, Stryphnodendron adstringens (barbatimão), thuja occidentalis (tuia ou cipreste) e Annona muricata (graviola). Resultados e discussão: O HPV causa alta prevalência de câncer cervical. O tratamento atual é por meio de microcirurgia e cauterização. Mas algumas pesquisas vêm demonstrando que o uso de plantas medicinais auxilia na terapia contra o HPV, destas plantas, o barbatimão a graviola e a tuia possuem propriedades que contribuem para regressão das lesões causadas pela doença. Estes resultados promissores proporcionam um amplo espaço para futuros estudos clínicos explorarem ainda mais a eficácia e segurança destas plantas. Considerações finais: Apesar da falta de medicamentos disponíveis, o uso de plantas com potencial para tratar verrugas genitais, se torna algo muito viável para atingir uma nova fase no tratamento do HPV. A análise dos componentes químicos destas plantas é uma questão muito desafiadora e importante, tendo em vista a grande aplicação de suas propriedades farmacológicas e sua baixa toxicidade, favorecendo o desenvolvimento de novos medicamentos que auxiliem no tratamento do HPV.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-223
PDF (Português (Brasil))

References

ABRANTES, Jayra Juliana Paiva Alves. Avaliação do perfil da resposta imune presente na mucosa da cérvice uterina de mulheres infectadas pelo HPV. 2016. Dissertação de Mestrado. Brasil.

ALVES, Lariza Darlene Santos. Thuja occidentalis Linn (Cupressaceae): da droga vegetal a forma farmacêutica semissólida para o tratamento do HPV. 2014.

ARAÚJO, Isabelle Cássia Viana de et al. Estudo epidemiológico do câncer do colo de útero no estado do Pará entre 2017 e 2021. 2022. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina) - Faculdade de Medicina, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2022.

AYRES, Andréia Rodrigues Gonçalves et al. Revisão sistemática sobre os estudos de prevalência de infecção do colo do útero pelo papiloma vírus humano (HPV) no Brasil. 2009.

BAKHT, Jehan et al. Atividade antibacteriana dos extratos brutos de Thuja occidentalis medicinalmente importante. Jornal de Ciências Farmacêuticas do Paquistão , v. 2, 2020

BENTO, Elisangela Beneval et al. Ethnopharmacological comparative study in the region of the Araripe of Annona muricata L.(Graviola). Revista Cubana de Plantas Medicinales, v. 21, n. 1, p. 9-19, 2016.

BRIZOLA, Jairo; FANTIN, Nádia. Revisão da literatura e revisão sistemática da literatura. Revista de Educação do Vale do Arinos-RELVA, v. 3, n. 2, 2016.

CAI, Tommaso et al. The Role of Ellagic Acid and Annona muricata in the Management of Human Papillomavirus (HPV)-Related Genital Lesions: A Systematic Review. Uro, v. 3, n. 1, p. 54-60, 2023.

CALUMBY, Rodrigo José Nunes et al. Papiloma Vírus Humano (HPV) e neoplasia cervical: importância da vacinação. Brazilian journal of health Review, v. 3, n. 2, p. 1610-1628, 2020.

CAVALCANTE, Gustavo Henrique Oliveira. Estudo da variabilidade genética do papilomavírus humano e determinação de alvos moleculares para detecção e tipagem. 2018. Dissertação de Mestrado. Brasil.

DA CUNHA, Ítalo Íris Boiba Rodrigues et al. Câncer de colo uterino: fisiopatologia, manifestações clínicas e principais fatores de risco associados à patogênese. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento , v. 11, n. 11, pág. e49111133992-e491111133992, 2022.

DA LUZ, Ritieli Moraes Gomes; GONZALES, Marielen Fraga; ODA, Julie Massayo Maeda. Papilomavirus humano (HPV) e terapêutica. Archives of Health Investigation, v. 7, 2018.

DA SILVA, Daiane Santos et al. Perspectivas atuais do tratamento farmacológico de lesões cutâneas e genitais induzidas pelo Papilomavírus humano (HPV): Current perspectives on the pharmacological treatment of skin and genital lesions induced by the human Papillomavirus (HPV). Brazilian Journal of Development, v. 8, n. 11, p. 72722-72739, 2022.

DE CARVALHO, Karine Faria; COSTA, Liliane Marinho Ottoni; FRANÇA, Rafaela Ferreira. A relação entre HPV e Câncer de Colo de Útero: um panorama a partir da produção bibliográfica da área. Revista Saúde em Foco–Edição, n. 11, 2019.

FERNANDES, Elionara Teixeira Boa Sorte et al. Prevenção do câncer do colo uterino de quilombolas à luz da teoria de Leininger. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 39, 2018.

FERREIRA, Arisa dos Santos. Obtenção de filmes mucoadesivos à base de Thuja occidentalis Linn como alternativa ao tratamento da candidíase oral. 2020. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco.

FERREIRA, Érica Camila. As propriedades medicinais e bioquímicas da planta Stryphnodendron adstringens “barbatimão”. Biológicas & Saúde, v. 3, n. 11, 2013.

FLATOW, Elizabeth Alexandra. Modulação funcional de células dendríticas humanas derivadas de monócitos mediadas por proteínas recombinantes geradas da fusão genética da glicoproteína D do Herpes vírus simplex-1 (HSV-1) como as oncoproteínas E7 e E6 do Papilomavírus humano 16 (HPV-16). 2023. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

GARDENAL, Amanda Coloca. Desenvolvimento de um secador de bandejas para a secagem de folhas medicinais e análise da secagem de ramos de barbatimão (Stryphnodendron adstringens). 2022.

JERKOVIĆ IVEŠIĆ, Ivana. Fitoterapijski potencijal graviole. 2020. Tese de Doutorado. University of Zagreb. Faculty of Pharmacy and Biochemistry. Department of pharmacognosy.

JOSEPH R, Pulimood SA, Abraham P, John GT. Successful treatment of verruca vulgaris with Thuja occidentalis in a renal allograft recipient. Indian J Nephrol. 2013 Sep;23(5):362-4. doi: 10.4103/0971-4065.116316. PMID: 24049274; PMCID: PMC3764712.

KAPLUM, Vanessa et al. A fração rica em polímero de proantocianidina de Stryphnodendron adstringens promove a morte de células cancerosas in vitro e in vivo por meio de estresse oxidativo. Fronteiras em Farmacologia , v. 9, p. 694, 2018.

LEMOS, Luciana Amaral et al. Relação entre HPV e câncer anal e a utilização de SWAB anal como método de rastreio. Revista Saber Digital, v. 13, n. 1, p. 106-117, 2020.

MICHELINO, Anaisa Renata et al. Lesões plantares induzidas por Papilomavírus Humano: Relato de caso. Revista Eletrônica Acervo Saúde, n. 35, p. e1374-e1374, 2019.

MOSCATO, G. M. F. et al. A retrospective study on two cohorts of immunocompetent women treated with nonavalent HPV vaccine vs. Ellagic acid complex: outcome of the evolution of persistent cervical HPV infection. European Review for Medical & Pharmacological Sciences, v. 26, n. 15, 2022.

NASCIMENTO, Cristiane Araújo et al. Evidence about properties of the extract of Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville (Barbatimão) for clinical practice. Research, Society and Development, v. 10, n. 1, p. e3010111350-e3010111350, 2021.

NASCIMENTO, Cristiane Araujo et al. Prospecção Tecnológica sobre a Utilização do Stryphnodendron Adstringens (Mart.) Coville (Barbatimão). Cadernos de Prospecção, v. 12, n. 2, p. 450-450, 2019.

PARISOTTO, Eduardo B. et al. The antitumor activity of extracts from Cordia verbenacea DC obtained by supercritical fluid extraction. The Journal of Supercritical Fluids, v. 61, p. 101-107, 2012.

PEREIRA, Malene Lima Gomes et al. Polimorfismo do gene da Interleucina 6 (rs1800795) e sua relação com papilomavírus humano em mulheres do nordeste brasileiro. 2023.

RODRIGUES, Letícia Kelly M. et al. CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E AVALIAÇÃO DE ATIVIDADE ANTI-Leishmania DOS ÓLEOS ESSENCIAIS DE Thuja occidentalis E Leptospermum scoparium SOBRE Leishmania infantum.

RODRIGUES, Michelle Fernanda Faita et al. Avaliação de tecnologias ambientalmente sustentáveis para extração de compostos bioativos. 2018.

SALGADO, Raeline Barbosa. Avaliação da atividade antifúngica das espécies medicinais schinus terebinthifolius (aroeira) e do barbatimão (stryphnodendron adstringens) sobre cepas do gênero candida. 2021.

SANTANA, Danielle Bezerra de et al. Composição fitoquímica, atividade antioxidante e validação de método UPLC-DAD para determinação flavonóides da Thuya occcidentalis (Cupressaceae). 2019.

SANTOS, Luiz Gustavo Monteiro Camilo dos et al. Monitoramento tecnológico do potencial uso dos extratos de barbatimão. Cadernos de Prospecção, 2018.

SANTOS, Maria Clara Bottino Gonçalves; PINHO, Marcelo. Estratégias tecnológicas em transformação: um estudo da indústria farmacêutica brasileira. Gestão & Produção, v. 19, p. 405-418, 2012.

SILVA, Afonso Vinícius Seabra Carneiro et al. Diários de Virologia. 2021.

SILVA, Patrícia Duarte Costa. Desenvolvimento e validação do método analítico dos produtos intermediários e estudo de estabilidade preliminar de gel de Thuja occidentalis Linn. (Cupressaceae) para terapia antiviral. 2016. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco.

SOBREIRA, Ana Laura de Cabral et al. Avaliação de aspectos legais e qualidade de um produto fitoterápico à base de graviola e associações. 2016.

SOLANKI, Jaykishan; MANDALIYA, Viralkumar; GEORRGE, John J. Medicinal Properties of Annona muricata Extracts in Various Disease. Recent Trends in Science and Technology-2020, p. 126-133, 2020.

TOLEDO, Cristiano Pereira; SEIXAS, Flavio Augusto Vicente. Formas de tratamento de infecção por HPV no trato genital feminino. Arquivos de Ciências da Saúde da UNIPAR, v. 9, n. 3, 2005.

VIEIRA, Débora Braga; GAMARRA, Lionel Fernel. Avanços na utilização de nanocarreadores no tratamento e no diagnóstico de câncer. Einstein (São Paulo), v. 14, p. 99-103, 2016.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.