A CONTRIBUIÇÃO DO ENSINO RELIGIOSO PARA INCLUSÃO ESCOLAR DO ALUNO COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Deficiência intelectual
ensino religioso
inclusão
educação básica

How to Cite

de Oliveira Neto, H. C., & dos Santos, F. de A. S. (2023). A CONTRIBUIÇÃO DO ENSINO RELIGIOSO PARA INCLUSÃO ESCOLAR DO ALUNO COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL. REVISTA FOCO, 16(11), e3754. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-213

Abstract

O ensino religioso passou por modificações ao longo da história, e hoje compõe a matriz curricular como disciplina facultativa na educação básica brasileira. A religiosidade sempre esteve presente na vida do brasileiro, afetando desde o contexto social, político e cultural, alcançando a seara educacional. A inclusão de crianças com necessidades especiais na escola é uma obrigação legal, no entanto, muitas pessoas ainda acreditam que os alunos com deficiência intelectual são incapazes de aprender, o que não é o caso. Apesar de crianças com deficiência intelectual apresentarem lentidão no desenvolvimento cognitivo, elas são capazes de aprender, desde que a escola e os professores levem em consideração suas limitações. As crianças com deficiência intelectual têm dificuldade em se comunicar porque não entendem as normas sociais. Eles costumam ser muito dependentes dos pais ou adultos que os ajudam a decifrar os sinais sociais. A inclusão desses alunos nas escolas exige, portanto, adequações nas práticas pedagógicas. Com base na influência que a religiosidade exerce na vida humana, o ensino religioso pode ser utilizado como ferramenta de inclusão, já que explora o íntimo de cada pessoa e busca aflorar através das individualidades o contexto que cada ser pretende ser incluído. A influência social que a religião exerce na vida da criança se oferece como ferramenta facilitadora no processo de inclusão.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-213
PDF (Português (Brasil))

References

AFFONSO, L. M. Z.; CANFIELD, R. L.; MÖBIS, A. S. M.; SANTOS, V. B.; SILVA, I. D. Políticas educacionais e base nacional comum curricular de ensino religioso. Porto Alegre: SAGAH, 2021.

AINSCOW, M. Developing inclusive education systems: What are the levers for change? Journal of Educational Change, v.6, n.2, p.109-124, 2005.

ARNENSEN, A.L.; MIETOLA, R.; LAHELMA, E. Language of inclusion and diversity: Policy discourses and social practices in Finnish and Swedish schools. International Journal of Inclusive Education, v.11, n.3, p.323-336, 2007.

BASTOS, A. C. A. C. A formação do professor do ensino Religioso: um olhar sobre a inclusão de alunos com deficiência na escola. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências das Religiões) – Centro de Educação, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9394.htm. Acesso em: 11 abr. 2023.

FLORIAN, L.; ROUSE, M. The inclusive practice project in Scotland: Teacher education for inclusive education. Teaching and Teacher Education, v.25, p.594-601, 2009.

MANTOAN, M. T. E. A hora da virada. Inclusão: Revista da Educação Especial, Brasília, v. 1, n. 1, p. 24-28, 2005.

MANTOAN, M. T. E. A integração de pessoas com deficiência: contribuições para uma reflexão sobre o tema. São Paulo: Memnon, 1997.

MARTINS, D. A. Contribuição do ensino religioso para inclusão escolar de estudantes com necessidades especiais. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.8, n.1, p.5907-5919, 2022.

MENEGHETTI, R. G. K. O processo de escolarização do ensino religioso no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2002.

MINETTO, M. F. O currículo na educação inclusiva: entendendo esse desafio. 2 ed. Curitiba: IBPEX, 2008.

MITTLER, P. Working towards inclusive education: Social contexts. David Fulton Publishers, 2000.

MOHER, D.; LIBERATI, A.; TETZLAFF, J.; ALTMAN, D. G.; THE PRISMA GROUP. Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses: The PRISMA Statement. PLoS Med, v. 6, n. 7, p. e1000097, 2009.

MUNIZ, T. Al.; GONÇALVES, A. M. Ensino Religioso: história de sua constituição como disciplina escolar. Anais 37ª Reunião Nacional da ANPEd, Florianópolis, out. 2015. Disponível em: http://37reuniao.anped.org.br/wp-content/uploads/2015/02/Trabalho-GT12-4214.pdf. Acesso em: 14 abr. 2023.

PADILHA, A. M. L. Possibilidades de história ao contrário, ou, como desencaminhar o aluno da classe especial. 3 ed. São Paulo: Plexus Editora, 2005.

SENA, T. J. M. O Ensino Religioso no Exercício da Inclusão de crianças com deficiência no contexto escolar. 2019. 207 f. Tese – Faculdades EST, São Leopoldo, 2019.

STAINBACK, S.; STAINBACK, W. Support networks for inclusive schooling: Interdependent integrated education. Paul H Brookes Publishing, 1990.

STRECK, D. Correntes Pedagógicas. Petrópolis: Vozes/Celadec, 1994.

UNESCO. The Salamanca statement and framework for action on special needs education. World Conference on Special Needs Education Access and Quality. Ministry of Education and Science, Spain, 1994.

VYGOTSKY, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. Tradução de M. P. Villalobos. 2 ed. São Paulo: Ícone, 1988.

VYGOTSKY, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.