SCALE UP OF SEMIPREPARATIVE LIQUID CHROMATOGRAPHY IN ISOLATING ACYLGLYCEROL-RICH FRACTIONS
PDF

Keywords

Acilgliceróis
glicerólise
semipreparativo
cromatografia a líquido
scale-up

How to Cite

de Mattos, D. I. M., Nazareth, P. C. G. N., Muniz, R. de O., de Souza, C. G., dos Santos, R. C., Mazzei, J. L., & d’Avila, L. A. (2023). SCALE UP OF SEMIPREPARATIVE LIQUID CHROMATOGRAPHY IN ISOLATING ACYLGLYCEROL-RICH FRACTIONS. REVISTA FOCO, 16(11), e3728. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-195

Abstract

Desde a inserção do biodiesel na matriz energética brasileira, é necessário garantir sua qualidade em toda a cadeia produtiva. O biodiesel tem sido produzido a partir de óleos vegetais ou gorduras animais pela reação de transesterificação, o qual ocorre por meio de reações sucessivas, levando tanto aos monoacilgliceróis (MAG) quanto aos diacilgliceróis (DAG), como compostos intermediários, e à glicerina (GL) como subproduto. A quantificação desses constituintes e dos triglicerídeos não reagidos (TAG) no controle de qualidade do biodiesel é realizada pela técnica de cromatografia gasosa (CG). Esta análise utiliza padrões destas classes de acilgliceróis, implicando em um alto custo de aquisição devido à sua elevada pureza. O presente estudo teve como objetivo desenvolver um processo de produção de frações ricas em MAG e DAG a partir da reação de glicerólise do óleo de soja, seguida de cromatografia líquida de alta eficiência, no qual foram aplicados modelos matemáticos na simulação de separações, para previsão e planejamento de transposição de escala, visando o isolamento das classes de acilgliceróis. Na primeira etapa, duas variáveis (tamanho da coluna e volume de injeção) foram aumentadas utilizando a transposição direta de escala. Os parâmetros dos picos (tempo de retenção e largura a meia altura) foram estimados a partir da deconvolução dos picos pelo software MagicPlot e verificados utilizando a expressão de momento estatístico proposta por Van Deemter et al. Assim, a segunda etapa de transposição de escala foi possível através da aplicação do modelo de momentos estatísticos proposto por Sternberg. O isolamento das frações ricas em MAG e DAG foi realizado em gradiente de fase móvel em coluna Kinetex à temperatura ambiente. As frações coletadas foram analisadas por um método de CG desenvolvido para essas matrizes. Os cromatogramas simulados concordam com os experimentais, demonstrando a aplicabilidade de aumento de escala utilizando modelos de separação de acilgliceróis. Assim, o processo de aumento de escala pela metodologia aplicada foi bem sucedido.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-195
PDF

References

MITTELBACH, M.; WOERGETTER, M.; PERNKOPF, J.; JUNEK, H. Diesel fuel derived from vegetable oils: Preparation and use of rape oil methyl ester. Energy & Agriculture, v. 2, p. 369-384, 1983.

HOLČAPEK, M.; JANDERA, P.; FISCHER J.; PROKES, B. Analytical monitoring of the production of biodiesel by high-performance liquid chromatography with various detection methods. Journal of Chromatography A, v. 858, p. 13-31, 1999.

PLANK, C.; LORBEER, E. Simultaneous determination of glycerol and mono-, di- and triglycerides in vegetable oil methyl esters by capillary gas chromatography. Journal of Chromatography A, v. 697, p. 461-468, 1995.

ANP - Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Resolução ANP n° 920 de 04 de abril de 2023 (DOU de 04/05/2023). Available in:

http://www.anp.gov.br. Access on: 02 jun. 2023.

ASTM International. ASTM D6584 - Standard test method for determination of total monoglycerides, total diglycerides, total triglycerides, and free and total glycerin in B-100 biodiesel methyl esters by gas chromatography. West Conshohocken: ASTM International, 2017.

LETTER, W. S. Preparative isolation of vitamin-D2 from previtamin-D2 by recycle high-performance liquid-chromatography. Journal of Chromatography, v. 590, n. 1, p. 169-173, 1992.

TOSTES, J. B. F.; SILVA, A. J. R.; KUSTER, R. M. Isolation and characterization of polyphenols from Euphorbia heterophylla L. (Euphorbiaceae) leaves. Revista Fitos, v. 13, n. 1, p. 49-60, 2019.

MAZZEI, J. L.; D’AVILA, L. A. Chromatographic models as tools for scale-up of isolation of natural products by semi-preparative HPLC. Journal of Liquid Chromatography & Related Technologies, v. 26, p. 177-193, 2003.

BLATT, G. G. Utilização da cromatografia em coluna e da cromatografia líquida de alta eficiência na separação, isolamento e identificação das principais classes constituintes do biodiesel.115 f. Master´s Dissertation – Escola de Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.

CARVALHO, R. C. Obtenção de frações enriquecidas e/ou componentes individuais de monoacilgliceróis e diacilgliceróis a fim de obter padrões em escala laboratorial pela reação de glicerólise. 90 f. Master´s Dissertation – Instituto de Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.

MUNIZ, R. O.; MARTINS, S. B.; HONORIO, G. G.; CUNHA, J. N.; ANDRADE, D. F.; PRADELLE, R. N. C.; TURKOVICS, F.; NETO, R. S.; D’AVILA, L. A.; D’ELIA, E. Total glycerol analysis in biodiesel samples using solid phase extraction coupled with enzymatic-spectrophotometric determination. Analytical Methods, v. 11, n. 6, p. 767-773, 2019.

GUIOCHON, G. Preparative liquid chromatography. Journal of Chromatography A, v. 965, n. 1-2, p. 129-161, 2002.

ANDRADE, D. F.; MAZZEI, J. L.; D'AVILA, L. A. Separation of acylglycerols from biodiesel by high performance liquid chromatography and solid-phase extraction. Revista Virtual de Química, v. 3, n. 6, p. 452-466, 2011.

VAN DEEMTER, J. J.; ZUIDERWEG, F. J.; KLINKENBERG, A. Longitudinal diffusion and resistance to mass transfer as cases of nonideality in chromatography. Chemical Engineering Sciences, v. 5, p. 271-289, 1956.

STERNBERG, James C. Extracolumn contributions to chromatographic band broadening. In: GIDDINGS, J. Calvin; KELLER, Roy A. (ed.). Advances in Chromatography. Chapter 6, p. 205-270. New York: Marcel Dekker, 1966.

SANTOS, N. B. L.; REZENDE, M. J. C. Produção de monoacilgliceróis: rotas e catalisadores. Revista Virtual de Química, v. 4, n. 2, p. 118-129, 2012.

NEGI, D. S.; SOBOTKA, F.; KIMMEL, T.; WOZNY, G.; SCHOMÄCKER, R. Glycerolysis of fatty acid methyl esters: 1. Investigations in a batch reactor. Journal of the American Oil Chemists’ Society, v. 84, n. 1, p. 83-90, 2007.

DAMSTRUP, M. L.; JENSEN, T.; SPARSO, F. V.; KIIL, S. Z.; JENSEN, A. D.; XU, X. Solvent optimization for efficient enzymatic monoacylglycerol production based on a glycerolysis reaction. Journal of the American Oil Chemists' Society, v. 82, n. 8, p. 559-564, 2005.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.