A IMPORTÂNCIA DO FARMACÊUTICO NOS CUIDADOS PALIATIVOS EM PACIENTES ONCOLÓGICOS TERMINAIS
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Câncer
paliativos
medicamentos
polifarmácia
farmacêutico

How to Cite

Ribeiro, C. de J. M., da Silva, I. P., & Serrão, C. K. R. (2023). A IMPORTÂNCIA DO FARMACÊUTICO NOS CUIDADOS PALIATIVOS EM PACIENTES ONCOLÓGICOS TERMINAIS. REVISTA FOCO, 16(11), e3653. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-129

Abstract

Introdução: O cuidado paliativo surgiu como uma filosofia humanitária de cuidar de pacientes em estado terminal, aliviando a dor e o sofrimento. O presente trabalho buscou ressaltar a importância do farmacêutico nos cuidados paliativos oncológicos. O trabalho foi realizado através de uma revisão bibliográfica narrativa por meio de artigos científicos. Assim as informações apresentadas nessa revisão têm como objetivo ressaltar a importância desses profissionais e suas principais atividades. Atuação do farmacêutico pode ser classificada em: separar os medicamentos, monitorar e prevenir efeitos adversos, uso racional, orientar a equipe multidisciplinar. Quanto a relação do farmacêutico com o paciente oncológico e seus familiares é regida pela confiança garantindo o cumprimento das normas de tratamento em conjunto com outras diferentes terapias profissionais com a finalidade de controlar a dor e ajudar o paciente a lidar com sua situação clínica de maneira mais favorável. É possível afirmar, que o farmacêutico executa papeis fundamentais e importantes na equipe multidisciplinar.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-129
PDF (Português (Brasil))

References

ALVES, R. S., & OLIVEIRA, F. F. Cuidados Paliativos para Profissionais de Saúde: Avanços e Dificuldades. Psicologia: Ciencia e Profissão, 42, pp. 1-16. doi:10.1590/1982-3703003238471,19 de outubro de 2022.

ATAYEE, R., SAM, A., & EDMONDS, K. (14 de dezembro de 2018). Patterns of palliative care pharmacists’ interventions and outcomes as part of impatient palliative care consult service. Journal of Palliative Medicine, pp. 1761-1767,14 de dezembro de 2018.

BARBOSA, A. N. A importância da assistência prestada pelo enfermeiro nos cuidados paliativos ao paciente oncológico terminal. ReBIS- Revista Brasileira Interdisciplinar de Saúde., pp. 92-96, 2019.

BRADLEY, N., WILLIAMS, L., & DOWRICK, C. Effectiveness of palliative care interventions offering social support to people with life-limiting illness - A systematic review. Eur J Cancer Care (Engl.), 27, pp. 1-19. doi:10.1111/ecc12837, 24 de março de 2018.

BRANDÃO, M. L., & GÓIS, R. M. Assistência de enfermagem para pacientes oncológicos em cuidados paliativos: Importância da interação familiar no tratamento. Ciências Biológicas e de Saúde Unit, 6, pp. 175-188. Fonte: periodicos.set.edu.br, 16 de janeiro de 2020.

BRASIL. Portaria n° 1083, de 02 de dezembro de 2014. Aprova o protocolo clínico e diretrizes terapêuticas de dor crônica. Distrito Federal, Brasília, Brasil. Acesso em 18 de outubro de 2023, disponível em https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/protocolos-clinicos-e-diretrizes-terapeuticas-pcdt/arquivos/2021/dor-cronica-retificado-em-06-11-2015.pdf, 02 de outubro de 2012.

Brasil. Conselho Federal de Farmácia. Resolução CFF nº 585, de 29 de agosto de 2013. Diário Oficial da União, 186. Fonte: https://www.cff.org.br/userfiles/file/resolucoes/585.pdf, 25 de setembro de 2013.

BRASIL. Instituto Nacional Câncer- INCA. Incidência de Câncer no Brasil estimativa 2023. Brasil, 12 de julho de 2023.

Brasil, M. d. Biblioteca Virtual da Saúde. Fonte: RENAME 2022/Biblioteca Virtual da Saúde MS.: https://bvsms.saude.gov.br/publicada-a-relacao-nacional-de-medicamentos-rename-2022.

BROZOVIC, G., LESAR, N., JANEV, D., & MUHAXHIRI, B. Cancer pain and therapy. Acta Clin Coat., pp. 103-108,2022.

BRUNS, M., SPIVEY, C., SHERWIN, E., WHEELER, J., & HOHMEIER, K. The opioid crisis: Origind, trends, policies, and the roles of pharmacists. Am J Health Syst Pharm, pp. 424-435, 19 de march de 2019.

BRUNTON, L., DANDAN, R. H., & KNOLLMANN, B. C. As bases farmacológicas da terapêutica de Goodmam e Gilman. (13ª ed.). Porto Alegre, RS- Brasil: Artmed, 2019.

COSTA, D. T. Coping religioso/ espiritual e nível de esperança em pacientes com cancer em quimioterapia. Revista Brasileira de Enfermagem (REBEn), pp. 672-678, 16 de fevereiro de 2019.

CRUCIOLLI, R. M., CUNHA, L. P., CARDOSO, L. C., LEÃO, A. m., & NEVES, E. Cuidados Paliativos em Pacientes Oncológicos. Acta de Ciências e Saúde, pp. 13-30, 2019.

CUNHA, A. G. Dicionário Etimologia da Língua Portuguesa. Lexikon, 2010.

LEMOS, L. B., & JÚNIOR, H. S. Efeitos colaterais dos medicamentos opioides no sistema nervoso central em pacientes oncológicos: Revisão de literatura. Revista Ibero-Americana de Humanidade, Ciência e Educação., pp. 929-939, 1 de janeiro de 2022.

MAIELLO, A. Manual de Cuidados Paliativos

https://cuidadospaliativos.org/uploads/2020/12/Manual-Cuidados-Paliativos.pdf, 2020.

MEDEIROS, J. A., MELO, A. P., & TORRES, V. M. Atuação do farmacêutico clínico hospitalar em pacientes oncológicos frente ao avanço na legislação brasileira. Revista Brasileira de Educação e Saúde., pp. 56-65, 2019.

PINA, P. R., & SANTOS, R. G. Early referral to palliative care: The rationing of timely health care for cancer patients. Acta Médica Portuguesa, 32, pp. 475-476. doi:10.20344/amp.11911, 1 de agosto de 2019.

PINTO, N., BHOLA, P., & CHANDRA, P. S. "End-of-life care is more than wound care": Health-care providers perceptions of psychological and interpersonal needs of patients with terminal cancer. Indican Journal of Palliative Care, pp. 428-435, 2019.

SARACINO, R. M. Psychotherapy at the end of life. National Library of Medicine, pp. 19-28, 1 de Decembre de 2019.

SCARBOROUGH, B., & SMITH, C. Optimal pain management for patients with cancer in the modern era. CA Cancer J Clin, pp. 182-196, 30 de march de 2018.

WOOD, H., DICKMAN, A., STAR, A., & BOLAND, J. (1 Updates in palliative care - overview and recent advancements in the pharmacological management of cancer pain. Clin.Med (Londres), pp. 17-22, 18 de fevereiro de 2018.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.