DESENVOLVIMENTO DE UM INSTRUMENTO DE OBSERVAÇÃO PARA A ANÁLISE TÉCNICA DO SALTO TRIPLO
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Metodologia observacional
atletismo
salto triplo
análise

How to Cite

Severino, C. D., & Pereira Filho, R. R. B. (2023). DESENVOLVIMENTO DE UM INSTRUMENTO DE OBSERVAÇÃO PARA A ANÁLISE TÉCNICA DO SALTO TRIPLO. REVISTA FOCO, 16(11), e3652. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-128

Abstract

A partir da análise observacional, o presente estudo objetivou a construção de um instrumento de observação técnica do salto triplo, detalhando as análises dos seus critérios elegíveis. Para o desenvolvimento do instrumento, utilizou-se a metodologia observacional, que permite a análise das relações entre os comportamentos perceptíveis com a sequencialidade dos movimentos, possibilitando que esta seja registrada e quantificada. Acerca do núcleo categorial, os critérios elencados se basearam em literatura especializada e de acordo com as observações técnicas associadas às fases do salto triplo. Como limitação do próprio estudo, não se considerou neste instante a primeira fase, preparação para o salto, podendo isto ser feito em observações posteriores e em um aprimoramento do instrumento observacional construído. O estudo se justifica pela possibilidade de oferecer a todos os profissionais de Educação Física a aplicação de seu produto com o intuito de observar com credibilidade os aspectos técnicos do salto com vara, concedendo aos observadores a liberdade para a adaptação do instrumento em questão.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-128
PDF (Português (Brasil))

References

ANGUERA, M. T. et al. La metodología observacional en el deporte: conceptos básicos. 2000

ANGUERA, M. T. Del registro narrativo al análisis cuantitativo: radiografía de la realidad perceptible. Ciencia i cultura en el segle XXI. Estudis en homenatge a Josep Casajuana. Barcelona: Reial Academia de Doctors, p. 41-71, 2000

ANGUERA, M.T.; HERMÁNDEZ-MENDO, A. La metodologia observacional en el âmbito del deporte. Journal of Sport Science, v. 1, p. 135-160, 2013

CAMPANIÇO, J. et al. Metodologia observacional aplicada aos jogos desportivos colectivos. Vila Real, Portugal: UTAD, 2011

CASTAÑER, M. et al. Observing the paraverbal communicative style of expert and novice PE teachers by means of SOCOP: a sequential analysis. Procedia Social and Behavioral Sciences, v. 2, p. 5162–5167, 2010

GABIN, B. et al. Lince: multiplatform sport analysis software. 2012. Disponível em: <https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1877042812020563>. Acesso em: 20 novembro 2022

MATTHIESEN, S. Q. Atletismo: teoria e prática. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017

MOURA, N. A. et al. Relação entre as distâncias parciais no salto triplo e o desempenho competitivo em atletas brasileiros. Revista Brasileira Ciência e Movimento, São Caetano do Sul – SP, v. 24, n. 3, p. 35-44, 2016

PRUDÊNCIO, N. Salto triplo: o sistema de preparação do desportista: da detecção à promoção do talento. Tese (doutorado) - Faculdade de Educação Física - Universidade Estadual de Campinas. Campinas/SP. 2006.

PRUDENTE, J; GARGANTA, J; ANGUERA, M. T. Desenho e validação de um sistema de observação no Andebol. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, v. 4, n. 3, p. 49-65, 2004

SIBILA, C. B. A história do salto triplo como subsídio para seu ensino na escola. Rio Claro – SP: Universidade Estadual Paulista - UNESP, 2011, Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências, 2011

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.