PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUÍDO (PAIR) EM MÚSICOS PROFISSIONAIS
PDF

Keywords

Perda auditiva induzida por ruído
PAIR
músicos
perda auditiva ocupacional

How to Cite

Siqueira Neto, L. dos S., Gomes, S. C., & Amorim, B. J. L. (2023). PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUÍDO (PAIR) EM MÚSICOS PROFISSIONAIS. REVISTA FOCO, 16(11), e3548. https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-043

Abstract

A perda auditiva induzida por ruído (PAIR) representa uma ameaça significativa à capacidade auditiva dos músicos profissionais, cuja profissão depende diretamente desse recurso. Este estudo adotou uma abordagem de revisão integrativa da literatura para investigar a PAIR em músicos profissionais. A pergunta central da pesquisa explorou os efeitos da exposição contínua a níveis elevados de ruído durante práticas e apresentações musicais na audição dos músicos. Objetivo: O objetivo desta pesquisa foi investigar os impactos da exposição contínua a níveis elevados de ruído na audição de músicos profissionais. Metodologia: Para atingir o objetivo, foi realizada uma revisão integrativa da literatura, analisando publicações científicas dos últimos cinco anos. Artigos científicos e dissertações em inglês e português foram analisados, utilizando descritores como "perda auditiva induzida por ruído," "músicos," "musicistas," e "PAIR" em bases de dados como LILACs, PubMed, SciElo e Web of Science. Resultados: Os resultados destacaram que o uso de protetores auriculares, como tampões de espuma e Etymotic, pode fornecer proteção valiosa à audição dos músicos, com impactos mínimos na percepção auditiva. Além disso, foi enfatizada a importância da conscientização e educação sobre a proteção auditiva, bem como a influência de fatores genéticos na predisposição à perda auditiva em músicos jovens. Observou-se que o zumbido pode ter efeitos negativos na vida dos músicos, indicando a necessidade de programas de apoio personalizados. Curiosamente, apesar da exposição significativa ao ruído, a prevalência de perda auditiva variou entre os músicos, destacando a complexidade da relação entre exposição ao ruído e audição em músicos profissionais. Conclusão: As descobertas sublinham a necessidade contínua de esforços direcionados à proteção da saúde auditiva dos músicos, a fim de preservar sua capacidade de exercer sua profissão e garantir seu bem-estar. A conscientização sobre a importância de protetores auriculares e programas de apoio personalizados é fundamental para mitigar os efeitos da exposição ao ruído. Além disso, a complexidade da relação entre exposição ao ruído e perda auditiva em músicos profissionais foi reconhecida, destacando a necessidade de pesquisas adicionais e estratégias preventivas para a proteção auditiva desses profissionais.

https://doi.org/10.54751/revistafoco.v16n11-043
PDF

References

BARBOSA, A C. et. al., Noise-induced hearing loss. Health and Society, v. 2, n. 04, p. 218-225,2022.

BRASIL. Lei N 6.965, de 9 de dezembro de 1981. Dispõe sobre a regulamentação da profissão de Fonoaudiólogo, e determina outras providências. Brasília, 09 de dezembro de 1981. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6965.htm#:~:text=LEI%20No%206.965%2C%20DE%209%20DE%20DEZEMBRO%20DE%201981.&text=Dispõe%20sobre%20a%20regulamentação%20da,Fonoaudiólogo%2C%20e%20determina%20outras%20providências. Acesso em 28 out. 2023.

CARVALHO, Rudmila Pereira. Avaliação e validação de um website sobre saúde auditiva para profissionais da música. 2018. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Faculdade de Odontologia de Bauru, University of São Paulo, Bauru, 2019. doi:10.11606/D.25.2019.de-13062019-202135.

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA. Guia de Orientação na Avaliação Audiológica: Volume I - Audiometria tonal liminar, logoaudiometria e medidas de imitância acústica. Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia. 2020.

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA. Manual de orientação e fiscalização do exercício profissional da fonoaudiologia. Anexo da Resolução CFFa N.º 600, de 20 de janeiro de 2021. 2021. Disponível em: https://www.fonoaudiologia.org.br/resolucoes/resolucoes_html/CFFa_Manual_COF.pdf. Acesso em: 14 out. 2023.

DIAS, NILTON JOSÉ GONÇALVES. Perda auditiva induzida por ruído ocupacional nas profissões de metalúrgicos, motoristas, músicos e odontólogos: uma revisão de literatura. Trabalho de Conclusão de Curso (Medicina do Trabalho). 20 f. 2018.

DO NASCIMENTO, Renata Mara Cândida et. al., Análise do padrão audiológico de músicos adultos: consequências da exposição a níveis de pressão sonora elevados sobre o efeito inibidor da via eferente. 2020.

LISIAK, Matheus Mondadori. Exposição ocupacional e alterações auditivas em músicos da serra gaúcha. 2021.

MENDES, K. D. S.; SILVEIRA, R. C. C. P.; GALVÃO, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2008, v. 17, n. 4, p. 758-64.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. Norma Regulamentadora - NR. NR-15 - Atividades e Operações Insalubres. 2009.

MUNIZ CMDC, AMORIM CMT, FELIPE IMA, DIAS RS. Audiometric profile of professional musicians: systematic review Perfil audiometrico de músicos profesionales: revisión integrativa. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, Fortaleza, 31(1): 1-8, jan./2018.

NASCIMENTO, Renata Mara Cândida do. Análise do Padrão Audiológico de músicos adultos [manuscrito]: consequências da exposição a níveis de pressão sonora elevados sobre o efeito inibidor da Via Eferente. / Renata Mara Cândida do Nascimento. - Belo Horizonte: 2020.

OLIVEIRA, Jéssica Lima. Exposição auditiva ocupacional de músicos profissionais. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia ) - Universidade Federal de Sergipe, Lagarto, 20 f. 2019.

PINHEIRO, Luísa Adriana Rodrigues. Exposição à música nas orquestras: consequências na audição e prevenção. 2018. Dissertação (Mestrado em Medicina. Lisboa. 43 f. 2018.

PINTO, N. A. A.; NASCIMENTO, A. R. DO. MUTILAÇÃO SILENCIOSA: EFEITOS DA EXPOSIÇÃO DOS MÚSICOS A ALTOS NÍVEIS DE PRESSÃO SONORA E SEU REFLEXO NO MUNDO JURÍDICO. Revista Direitos Sociais e Políticas Públicas (UNIFAFIBE), v. 6, n. 1, 18 jul. 2018.

SAMELLI, Alessandra Giannella et. al., Revisão sistemática de intervenções para prevenção da perda auditiva induzida por ruído ocupacional–uma atualização. In: CoDAS. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2021.

SANTOS, Leonardo Moraes. Presença de zumbido nos músicos da cidade de Campos dos Goytacazes-RJ. Revista Científica Multidisciplinar UNIFLU, v. 4, n. 2, p. 133-153, 2019.

SILVA, Gabriel Celso Kulevicz da. Exposição de um baterista de banda de rock ao ruído e possíveis implicações na saúde auditiva. Engenharia Segurança do Trabalho-Florianópolis, 2018.

SILVA, Taysmara Xavier Santos. Perda auditiva induzida por ruído e saúde coletiva: revisão integrativa. Lagarto, 2023. Monografia (Graduação em Fonoaudiologia) - Departamento de Fonoaudiologia, Universidade Federal de Sergipe, Lagarto, 2023.

WORLD HEALTH ORGANIZACTION. Environmental noise guidelines for the European region. World Health Organization. Regional Office for Europe, 2018.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.